Iniciando um ritual


Limpeza, consagração e evocação dos elementais (abertura do círculo sagrado)


Olá, queridos amigos e irmãos.

O post de hoje será para mostrar à vocês, uma preparação e um início de um ritual.
Como bons estudantes, sabem que todo ritual wiccano, consiste basicamente em: preparação dos instrumentos (vide consagração dos objetos), preparação do altar (ainda não sabe montar um? Veja aqui), preparação do bruxo(a), preparação do espaço onde ocorrerá o ritual, abertura de círculo e só depois disso, realmente o ritual - Esbat, Sabbath ou outro - começa.

Parece muita coisa listada assim, mas não o é. São etapas simples e prazerosas; exigências bem básicas que todo wiccano deve saber com maestria, para um ritual bem feito - e quando digo maestria, não me refiro a palavras extremamente formais, com dizeres complicados, rimas e 'abracadabras'; refiro-me ao magista ter essas etapas em mente, mesmo que vá usar suas próprias palavras.

E falando em dizeres próprios, esse ritual (e assim como todos os do blog), são apenas um exemplo de como eu pratico. Sinta-se a vontade para usar outras palavras, contanto que mantenha o mesmo sentido.



Banho de limpeza

Antes de realizar o ritual e até mesmo de preparar o altar, é muito importante que o bruxo tome um bom banho de limpeza e purificação. Este banho serve para tirar as impurezas não só físicas, mas energéticas também. Ele é para equilibrar suas energias, antes de começar seus trabalhos.

Eu sempre tenho comigo, um pacote de sal grosso e as vezes sabonete 7 ervas. Você os acha em casa de produtos esotéricos ou artigos religiosos (lojas de umbanda e candomblé sempre tem). Ou pode pegar um sal grosso desses que se compra em mercado e usar ou misturá-lo com ervas como alfazema, manjericão ou alecrim.

Leve para o banheiro seu sabonete e o sal grosso em um potinho. Tome um ducha com o sabonete de ervas (se o tiver) ou com sabonete normal. Para economizar água (que está acabando rs), 10 minutos são suficientes. Depois de se enxaguar, pegue o potinho com o sal grosso e de punhado em punhado, vá esfregando-o pelo seu corpo, visualizando todas as impurezas indo embora. Pode repetir em voz alta ou na sua mente, os seguintes dizeres:

"Com este sal, elemento da Terra, eu me consagro e purifico. Tiro de mim todo o mal e negatividade, que possa atrapalhar no propósito do meu ritual."

Depois de esfregar todo o sal, enxague-se novamente e sinta a gostosa sensação do sal escorrendo pelo seu corpo e com ele, todo a negatividade e sujeira energética.

Pegue uma toalha limpa e se seque.


Montagem do altar

Agora que está limpo, pode começar a separar seus objetos consagrados (que não precisam de consagração a cada ritual executado. Apenas quando o adquirir, para tirar as energias de outras pessoas que possivelmente o tocaram e a cada algumas semanas, para zerar as vibrações).

Comece decorando o espaço sagrado com suas oferendas e objetos que vai precisar para aquele ritual. Lembre-se que a montagem do altar também faz parte de um ritual. Deve ser feito de forma tranquila e em harmonia. Eu as vezes gosto de cantarolar alguma música pagã ou coloco algumas músicas celtas para ouvir enquanto me preparo para meus rituais - mas você pode fazer como quiser.

O Altar normalmente é montado para o norte. Por isso é bom ter uma bússola com você. O Altar fica ao norte, porque este ponto cardeal é o Elemento Terra. Está ligado a Mãe Terra e as energias terrenas. E a Terra é o elemento que sustenta todos os outros. Marque bem para onde está o norte, leste, sul e oeste, pois precisará destas coordenadas para abertura do círculo sagrado.

Depois que seu espaço estiver pronto, você pode se preparar para começar seu ritual.
Eu normalmente, por ser solitária, celebro vestida de céu (nua). Nem me dou o trabalho de me vestir. Mas se estiver frio ou se você for fazer isso em um ambiente externo e não se sentir confortável, use uma roupa limpa e que te deixe o mais a vontade.


Limpando e consagrando o espaço mágicko

Para a limpeza e a consagração do espaço sagrado - que inclui a área onde o círculo será traçado, bem como onde está o seu altar -, você vai precisar dos seguintes itens:

1 pote com água e sal
1 incenso de alfazema ou alecrim
1 vela vermelha ou branca


Primeiro pegue o pote com água e sal - que representa os elementais água e terra que juntos, são fortes em limpeza e purificação - e vá andando em um círculo que seja o perímetro do local onde vai trabalhar, no sentido horário, dizendo e molhando os dedos na água com sal e jogando:

"Inicio a consagração e purificação deste local. Com esta água com sal representando os elementos Terra e Água, purifico e consagro este local, eliminando toda e qualquer energia nociva, que esteja presente."

Pode repetir isso mais de uma vez, até completar uma volta pelo menos. Agora deixe o pote onde o pegou e pegue o incenso. Acenda-o e ande novamente no sentido horário, dizendo:

"Com este incenso, que representa o Elemento Ar, eu purifico e consagro este local. Toda energia que vá atrapalhar o objetivo deste ritual e que não for convidada a ficar, retire-se agora."

Enquanto diz, vá balançando o braço com o incenso, imagine ele como se fosse uma varinha e que você está gesticulando um feitiço. Envolva o espaço a sua frente com a fumaça do seu incenso.

Agora, deixe o incenso em algum incensário para terminar de queimar e pegue a vela vermelha (cor da Arte) ou branca se não tiver. Ande no sentido horário, como anteriormente e vá dizendo balançando - com cuidado! - a vela em sua mão:

"Com esta vela, eu represento o Elemento Fogo. E com este fogo, eu celo este espaço sagrado e queimo todo o mal e impureza aqui presente."

Pronto, coloque a vela junto com o pote e o incenso e se direcione ao seu altar.


Evocação aos Elementais e traçando o círculo mágicko

Imagino que seu athame agora esteja no seu altar, pois ele é indispensável para abertura do círculo sagrado. Este círculo, é fechado agora e aberto quando terminar seu ritual.

Para isso, vá até seu altar, pegue seu athame, erga-o aos céus segurando com as duas mãos e diga:

"Inicio agora a abertura deste círculo sagrado."

Direcione-se para o norte, abra os braços ainda segurando o athame com a mão que você escreve (sua mão de direcionar seu poder) e diga:

"Direciono-me aos Guardiões do Portão do Norte, os Elementais da Terra! Invoco e chamo vocês! Vocês que são responsáveis por gerar a vida, pela transformação e evolução, tragam-me sua força! Façam-se presentes agora. Sejam bem vindos!"

Agora com o athame em sua mão de poder, ande no sentido horário e vá traçando o círculo com ele, visualizando uma luz se formando conforme você o traça.

Ao parar do ponto cardeal leste, abra novamente os braços para o horizonte e diga:

"Direciono-me aos Guardiões do Portão Leste, os Elementais do Ar! Invoco e chamo vocês! Responsáveis pela purificação e pelas mensagens que são enviadas deste plano ao outro. Tragam-me sua luz! Façam-se presentes agora. Sejam bem vindos!"

Faça o mesmo que fez antes com o athame, agora se direcionando ao ponto cardeal sul. Pare quando chegar, abra os braços e diga:

"Direciono-me aos Guardiões do Portão Sul, os Elementais do Fogo! Invoco e chamo vocês! Seres da agilidade e ação, calor e energia. Tragam esta energia para este ritual.  Façam-se presentes agora. Sejam bem vindos!"

Por último, siga o mesmo padrão e vá em direção ao último portão. Diga:

"Direciono-me aos Guardiões do Portão Oeste, os Elementais da Água! Invoco e chamo vocês! Seres da purificação e consagração, da representação do útero vivo da Deusa. Tragam-me sua abundância. Façam-se presentes agora. Sejam bem vindos!"

Agora o círculo está traçado e poderás começar seu ritual.

Alguns bruxos, fazem invocações para os Deuses e os ancestrais também, para que suas energias estejam presentes no ritual. Eu adotei esta prática a pouco tempo, assistindo e participando de outros rituais baseados em outras Tradições.


Bom, esta é a preparação básica de todo ritual, seja um Sabbath, Esbat, feitiço, enfim.

Para destraçar o círculo, você precisa fazer esse processo todo nos pontos cardeais, só que no sentido anti horário. Comece então pelo Oeste, Sul, Leste e Norte.
As palavras são as mesmas para todos. Diga para quem está se dirigindo, complete com um agradecimento e que estarão sempre convidados. Encerre com um 'que assim seja' para cada um e o círculo estará aberto e marca o fim do seu ritual.

Podes finalizar ainda seu ritual, com essas palavras:

"O círculo agora está aberto. Toda energia gerada aqui seguirá para seu propósito. E o que exceder, voltes para a Terra. Que assim seja e que assim se faça!"


Nota: Todo trabalho feito no ritual, exige uma postura ritualística. Enquanto o ritual acontece, é importante que andem sempre no sentido horário, para manter o fluxo de energia que ali é gerado. =)

Nota²: Muitos bruxos usam a vassoura de bruxa para fazer a limpeza do espaço sagrado. Eles não varrem literalmente. Varrem apenas o 'ar', visualizando as energias ruins indo embora.
Eu a complementaria com o uso da água com sal, incenso e vela.

Nota³: Tocar um sino 3 vezes antes de começar e após o término de um ritual, também é uma prática comum. Mas não se preocupe se não o tiver.




Espero ter ajudado.
Boas celebrações e bons ventos!

Texto por: Amanda de Ishtar (Atualizado em 26/09/16)

Amanda de Ishtar

Amanda ou Tara (nome mágico), 27 anos e autoiniciada Wicca. Bruxa solitária e amante dos Celtas. No dia a dia é designer, geek, ama livros, Harry Potter, Mario Bros e Adventure Time.

2 comentários:

  1. o melhor q li ate agora... Vc esta real mente me surpreendendo!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vania!

      Obrigada pelo seu comentário!
      Espero estar te ajudando com esses artigos!

      Abençoada seja!

      Excluir

Instagram