Preparação para Samhain


Olá povo amado! Como estão?

A Deusa e o Deus vos tem abençoado? A mim, muito! Aos poucos, como eu disse, estou revendo as postagens deste blog e aos poucos também, algumas pretendo remover.
Como o título deste post mesmo diz, estamos chegando ao nosso Ano Novo! Sim... já está para se completar mais uma Roda do Ano. Quase um ano de Dedicada e após ou durante - ainda não me decidi - o próximo Sabbath, farei minha Auto-Iniciação.



Não mais ou menos válida, mas sincera e de corpo e alma. E assim como eu, este blog que é uma extensão de meu aprendizado também, aprendeu muito durante o tempo de existência e assim como a dona, precisa de reformulações e novos recomeços em sua vida. E postagem mais antigas com conceitos pouco amadurecidos, precisam de devida revisão.

Samhain é o final de um ciclo muito intenso de plantio e colheita, morte e renascimento. É o final de uma Roda cheia de bençãos, conquistas, mas também perdas e que sobretudo, simboliza uma grande evolução espiritual. De certa forma, é o Sabbath que propicia novos começos a partir de determinados fins.
É a celebração dos que já se foram, mas que deixaram para trás muita sabedoria, conhecimento e marcas energéticas significativas naqueles que ficaram. Conseguiram um descanso merecido depois de uma missão cumprida, para a preparação de outro recomeço.
De certa forma, simbolicamente ao meu ver, é também a morte de um Eu passado, para um novo Eu. Pois você nunca será igual amanhã do que foi outrem.

No meu caso, Samhain foi um Sabbath muito especial que escolhi fazer na época minha Dedicação e que agora, se torna o Sabbath perfeito para a Auto-Iniciação. É o momento em que renascerá uma nova Eu, com os olhos do corpo e da alma voltados para a magia, a Natureza, os Elementais e é claro, para os Deuses. Na minha dedicação, eu morri com o sofrimento que me acalentava na época e pedi novos recomeços. No decorrer da Roda que se passou, tive muitos frutos - alguns podres que fazem sim parte da experiência do plantio - mas muita coisa boa a se colher. E ainda colho.

Escolhi um caminho de Luz, de Amor, de Celebrações solitárias - que ainda pode mudar - e de uma fé renovada nas pessoas e na vontade de quem sabe, ser abençoada com um bom consorte.
Eu aprendi a me amar, aprendi a não ter receio e nem vergonha de pular, cantar e dançar - para eu mesma e para as pessoas que pudessem me julgar, pela religião que escolhi. Sim, tinha muito medo de sofrer rejeição, mas no final, só recebi amor.

Eu me vejo uma pessoa diferente agora e mais feliz. Não que o lado material esteja ótimo, mas eu aprendi a ter a qualidade de vida que achava ser utopia, apenas aprendo a interpretar e a ver a beleza em coisas diferentes. Aprendi que a felicidade é muito mais uma questão de ponto de vista, do que de bens materiais ou situações claras e concretas, propriamente ditas.
Tudo depende do ponto de que se observa e eu escolhi observar sempre olhando de cima: é o melhor ângulo pra se apreciar tudo e analisar as coisas sem estar diretamente envolvidas com elas.

Enfim, este Sabbath é mais um ritual de auto contemplação eu diria. Você celebra um ciclo que termina para se começar outro, mas também pode ter um apanhado de sua própria colheita. É a hora de olhar no seu estoque, o que você teve de bom que vai te manter aquecido no inverno que se aproxima.

Sugiro à todos esta auto análise de Samhain. Uma profunda meditação na sua vida, seja você praticante ou não. E quando chegar no dia do Ritual, já esteja com um pé na renovação e preparado para deixar morrer e ir descansar com os espíritos que vai cultuar, tudo aquilo que não lhe é mais útil e que já cumpriu seu ciclo. Coloque um ponto final no que não precisa mais ser parafraseado e se abra para um novo começo, uma nova Roda e consequentemente e metaforicamente, uma nova Vida.

Morra. Renasça. Viva.

Amanda de Ishtar

Amanda ou Tara (nome mágico), 27 anos e autoiniciada Wicca. Bruxa solitária e amante dos Celtas. No dia a dia é designer, geek, ama livros, Harry Potter, Mario Bros e Adventure Time.

2 comentários:

  1. Olá Amanda, qual é o verdadeiro dia de Samhain, Aqui no Brasil, é no dia 1 de Maio ou no dia 31 de Outubro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tome!

      Aí vai depender se você celebra pela Roda do Sul ou pela Roda do Norte. Samhain em 1 de maio é para quem roda pelo Sul. 31 de Outubro, pelo Norte.
      Como eu rodo pelo Sul, para mim o Ano Novo será em 1 de maio.


      Abençoado seja!

      Excluir

Instagram