O cristianismo e seus sincretismos

Olá povo da Deusa! Faz uns dias que não posto aqui... agora que as aulas começaram novamente, eu tenho pouco tempo de me dedicar ao blog e aos meus estudos. Agora estou participando de uma lista de discussões do Yahoo, e está bastante legal. Você consegue aprender muito com estas listas e pode dar opiniões sobre diversos assuntos, todos muito interessantes!

Em uma destas discussões, surgiu uma dúvida sobre a Wicca ter elementos do cristianismo inseridos dentro da religião. Da tal Wicca-cristã. Uma participante perguntou se seria possível seguir as duas religiões ao mesmo tempo ou se a Wicca permitia tais elementos dentro de suas crenças.
É claro que ouveram muitas respostas polêmicas a respeito disto e, eu não pude deixar de dar meus pitacos a respeito.

Pessoal, eu entendo da seguinte forma: se a Wicca é uma religião neo-pagã, com elementos pré-cristãos, não faz o menor sentido tais sincretismos dentro da religião da Deusa. Já somos uma vertente do paganismo, por si só cheia de tais sincretismos. Outro, ainda mais de origem cristã, é senão impossível. Mesmo que estes elementos sejam arquetipados em nossos cultos, a necessidade também se torna desnecessária no momento que são arquétipos e não divindades em sua essência. Vários deuses de panteões diferentes estão aqui para este propósito. Muitos deuses da mitologia grega, céltica, egípcia e por aí vai, que são de origem pagã e fazem parte de nossos cultos a muito.

O cristianismo por si só, é uma religião totalmente antagônica à Wicca. Todos que estudamos sobre isso sabemos o quanto a Igreja condenou àqueles que dela se faziam alheios. É claro que os tempos mudaram, mas não vamos fazer confusões e misturas de crenças que não se combinam.

O bruxo que está tentando fazer este tipo de junção, é porque ainda está ligado ao Cristianismo e está cheio de dúvidas a respeito de qual religião seguir. Isso é muito comum em uma sociedade em que vive-se o medo constante do 'Inferno' e de se afundar em pecados, imaculando sua passagem ao Reino de Deus. Mas saiba que a partir do momento que esta certeza reside em você, não restará dúvida de que a Deusa e o Deus é por si só suficiente na sua vida e nas suas práticas mágickas.

Estes dias estava pensando bastante sobre o assunto e percebi que o maior número de religiões que possuem sincretismos, tem um ou outro elemento do cristianismo presente. Seja por melhor se encaixar como disfarce em uma dada época da história (vide Umbanda se comparada ao Candomblé) ou por sincretismo puramente. Desta maneira, entendemos que as pessoas por mais que sintam vontade de seguir outro caminho religioso, sentem medo ou não conseguem se livrar da educação cristã que receberam. Mas não temam. Toda forma de culto aos deuses (ou Deus) é válido. Pecado Universal é algo que para nós, neo-pagãos não existe. Desta forma, em nossa egrégora, você não será punido para ir ao Inferno ou qualquer outro lugar destinado a tais pecadores.

A sociedade ainda está muito ligada à antigos testemunhos de falsas verdades. Devemos ainda passar por um processo de desintoxicação destas inverdades. Aprender a abrir nossa mente para o novo. Ver que se você vai a Igreja, Templo, Mesquita ou para a Mãe Terra, não importa, pois todos estamos buscando a paz, harmonia e nosso re-ligare. Todos estamos buscando o equilíbrio.

Luz para todos e que a deusa ilumine seus interiores nesta grande jornada que é a vida.

Abençoados sejam.

Amanda de Ishtar

Amanda ou Tara (nome mágico), 27 anos e autoiniciada Wicca. Bruxa solitária e amante dos Celtas. No dia a dia é designer, geek, ama livros, Harry Potter, Mario Bros e Adventure Time.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram