Magias fechadas


São aquelas que são limitadas dentro de um espaço mágico, tais como círculos, triângulos, estrelas, etc. Nesse caso, as irradiações do eixo magnético vertical irá se projetar horizontalmente ou perpendicularmente em todos os níveis vibratórios existentes, desde o "alto" até o "embaixo" ou desde o pólo positivo até o pólo negativo.
Este tipo de magia pode ser realizada em qualquer local, porque o espaço é o limitador do campo mágico, ou seja, se estiver acontecendo dentro de um círculo, triângulo, etc, não se espalhará à volta do plano vibratório do mago, pois o círculo, conterá todas as ondas vibratórias geradas. Estas só poderão sair, por determinação do mago. Nestes casos, o nível de atuação é o neutro (terra), que é onde vivemos - em casos que o mago assenta criaturas de níveis inferiores, para atuarem à seu bel prazer.
Para estas vibrações negativizadas, círculos ou magias fechadas positivas são fatais, pois os devolverão aos seus níveis vibratórios originais, retirando-os do plano terra, ou os esgotarão energicamente dentro deles.
Magias abertas dificilmente alcançam estes seres, pois estas magias não conseguem atingir estas criaturas, ao descerem nos níveis inferiores (saindo do neutro/terra).
Em magias fechadas, estes seres podem ser esgotados energicamente, reduzidos a ovóides, enviando-os ao seu nível vibratório original e, de lá não conseguirão sair, pois ficarão presos dentro da cadeia eletromagnética dos círculos mágicos que se formarão ali, gerados no nível neutro, mas projetados até seu nível original.Isso porque as magias fechadas, conseguem atingir vibrações horizontais (neutro) e verticais(pólos positivo e negativo).

Retirado e adaptado de "Iniciação à escrita mágica divina" de Rubens Sarasceni.

Amanda de Ishtar

Amanda ou Tara (nome mágico), 27 anos e autoiniciada Wicca. Bruxa solitária e amante dos Celtas. No dia a dia é designer, geek, ama livros, Harry Potter, Mario Bros e Adventure Time.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram