Eu, Amanda

Olá meus amigos leitores. Começo mais um blog, mais uma página com um pedaço de mim na rede para vocês. Mas este blog será diferente. Diferente porque não se trata apenas de um blog. Trata-se de um cantinho na rede o qual me dedico para a Arte. Acho que este já é um grande motivo, não? Segundo que aqui eu poderei além de disponibilizar artigos meus para vocês, de estudos que fiz e faço, falarei também de minhas experiências, minha fotos pessoais relacionadas ao tema. Poderei falar de coisas do meu 'outro' lado, que não saio comentando por aí, até porque nem todo mundo que convivo, gosta ou até mesmo sabe do meu seguimento religioso.
Afinal, religião não é algo que se sai conversando por aí com qualquer pessoa. Quem entende e quem quer mesmo ouvir, saber e conhecer, é quem tem o mínimo de afinidade com o assunto, no caso, a Wicca.

Então, vou fazer um post bem introdutório sobre mim, sobre a ideia de criar este blog e tudo o mais. Primeiro, eu sou uma pessoa 'normal'. Sou universitária, estudante de inglês, irmã, filha, namorada, amiga, enfim, todos os papéis sociáveis, eu cumpro. Acerca do meu lado espiritual, sempre senti que havia algo diferente. Diferente porque minha família foi criada no cerce católico e a outra parte, evangélico-cristão, então, eu me sentia deslocada e que aquilo não fazia parte do meu Eu.
No paganismo ou neo-paganismo, como queiram chamar, encontrei minhas raízes. Tentei por vezes ver outras religiões, mas no momento (o futuro não se sabe), a Wicca atende aos meus requisitos. Tem tudo que eu amo: Deus, Natureza, repeito aos animais e paz espiritual. Um wicanno, não é somente aquele que decora meia dúzia de palavras e sai repetindo sem saber o que elas significam (embora haja quem os faça). Por ser uma religião pessoal, vai de cada um buscar o máximo de conhecimento acerca do tema e se encher de informações importantíssimas sobre a Wicca e tudo que a cerca.

Ultimamente tenho me interessado muito pela tradição Celta, embora não faça parte de nenhum Coven - nem iniciada ou autodedicada eu sou. Apaixonei-me pelo panteão (inclusive Cernunnos e Anu ou Ceridewn, tem um lugarzinho no meu altar) e muitas coisas que estão na Wicca, vieram dos Celtas/druidas. Embora Gardner tenha fundado e divulgado a religião, e em algum momento deve 'parceria' com Crowley, os Celtas e os druidas sempre farão parte da Wicca, quer queiram, quer não.

Muitas pessoas tem preconceito pela religião. Já ouvi cada coisa, uma pior que a outra, de opiniões estereotipadas de 'desciclopedias' na rede, que se formam a partir de uma visão egoísta, satanista e maldosa sobre a religião. Entende-se que: Wicca não é só um mero estilo de vida, para isso, temos a Bruxaria pura. Wicca é uma religião, com Divindades, Leis (uma Lei) própria e nada mais! Existem diversas Tradições, cada qual com seu ponto foco de referência, umas mais radicais, outras nem tanto, mas TODAS tem um único propósito: criar uma ligação terrena com os Deuses criadores do nosso plano material e os paralelos (micro e macro) e equilibrio espiritual/energético, através de rituais sazonais, lunares e outros que se fizerem necessários, para tais objetivos. Ponto.

Mas estes esclarecimentos acerca da Wicca merece um post a parte. Não vou aqui estipular um período de postagem diário. As vezes pode acontecer de eu precisar colocar mais de um artigo por dia. Isso não é só um diário virtual. Pretendo fazer disto um acervo informativo e referência de busca para todos os aspirantes da Arte e que querem (ou não) seguir neste Caminho.

Muita luz e paz para todos
Blessed be )O(

Amanda de Ishtar

Amanda de Ishtar, assim magicamente nomeada, 25 anos e autoiniciada Wicca. Bruxa solitária e amante dos Celtas. No dia a dia é designer, geek, ama livros, Harry Potter, Mario Bros e Adventure Time.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram